ACTUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELATIVA A OBRAS

A Associação de Pais, por intermédio do representante no Conselho Geral, esteve presente em 2 reuniões relativas ao processo de requalificação. A primeira, dia 30 de Maio, foi uma audiência na Câmara Municipal de Matosinhos, com a Presidente da Assembleia Municipal e Vereador do Pelouro da Educação. Os vários elementos do Conselho Geral manifestaram, formalmente, a sua opinião sobre a necessidade urgente de reinício do processo de requalificação. Foi realizado o convite à Senhora Presidente da Assembleia Municipal, para uma visita às condições de funcionamento actuais da Escola Sede. Esta visita realizou-se no dia 8 de Junho e o Sr. Vereador da Educação solicitou ainda a presença de um elemento da Parque Escolar. Este referiu que o contrato já estava completamente preparado e a empresa adjudicatária já tinha entregue a documentação solicitada, estando a assinatura do contrato pendente por questões burocráticas relativas ao seguro da obra. Assinado o contrato, este seguiria de imediato para o Tribunal de Contas para aprovação, não se prevendo qualquer tipo de problema. De acordo com processos anteriores, esta Instituição tem demorado cerca de 3 semanas a aprovar os contratos, pelo que este elemento previa que a obra se pudesse iniciar durante o mês de Julho. A empresa consultora contratada pela Parque Escolar para “fiscalização” das obras também já iniciou as diligências junto da Escola para preparar o início das mesmas. Atendendo à informação fornecida pelo elemento da Parque Escolar, seria suposto o contrato já estar assinado, mas ainda não conseguimos obter a confirmação oficial disto pela Parque Escolar. No entanto, como é certamente do vosso conhecimento, uma vez que foi anunciado na página do Agrupamento e em cartazes afixados na Escola Sede, a Direcção do Agrupamento foi contactada pela empresa adjudicatária (Lucius), no passado dia 15, para uma visita para reinício das obras, que se realizou no dia 16. Por questões de natureza técnica, relacionadas com a imposição do uso de EPI (equipamentos de protecção individual) pela empresa de fiscalização das obras, não foi possível aos colaboradores da Lucius entrar nas instalações em requalificação para preparar o início das obras, tendo as actividades preparatórias com vista ao reinício das mesmas sido adiadas. Esta é a informação que temos disponível até ao momento. Tardámos em comunicá-la pois estávamos à espera que a qualquer momento nos comunicassem a assinatura do contrato e envio para o Tribunal de Contas e pudéssemos já anunciá-lo. O prazo previsível para a primeira fase são cerca de 5 meses, pelo que será provável, se tudo correr dentro dos prazos previstos, que a mudança para os novos edifícios se possa realizar em Janeiro de 2016! Estará, pensamos nós, para breve o fim do “nosso calvário”… Daremos notícias tão logo haja nova informação para comunicar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s